O que é Bigdata

No século XX o problema essencial era sobre a geração de dados. No século XXI o problema mudou de vertente. A cada dia cerca de 2,5 quintilhões de bytes são gerados, logo, como utilizá-los de modo a gerar valor é o que importa agora. De uma maneira ampla, estes dados podem e já estão sendo utilizados para: entender melhor o cliente, traçando perfis cada vez mais detalhados sobre seus interesses, encontrar padrões no consumo ou na utilização de alguma plataforma ou serviço, ou até mesmo identificar necessidades que os clientes possuem e ainda não se deram conta. Esse grande volume de dados junto às análises realizadas sobre eles definem este termo que é amplamente discutido atualmente.

Por quê aplicar soluções que usam seus dados no seu negócio

Em 2013, cerca de 53% das organizações já analisavam essa grande quantidade de dados de modo a agregar valor ao seu produto ou na prestação de um serviço. Esse modelo onde as empresas utilizam os dados para adquirir informação para tomada de decisões ou para antecipar tendências é conhecido como modelo orientado a dados (Data Driven). Esta nova abordagem consiste em estabelecer parte do processo de tomada de decisão em razão de modelos computacionais que utilizam estes dados. 

A aplicação desse modelo possui diversas vertentes que vão desde a otimização de recursos e infraestrutura até o engajamento dos clientes. Por ser tão ampla, essa abordagem garante que qualquer organização possua um caso de uso potencial para sua utilização. Entretanto, até para aquelas que já tentam utilizar seus dados em análises de negócio existem situações ou problemas. Geralmente isso ocorre por uma condução incorreta do processo de integração ao novo modelo, e não porque ele não é aplicável ao negócio.

Através de uma implantação coerente pode-se portanto resolver uma parcela de problemas vivenciados nos negócios, assim como inovar em segmentos até então não explorados. 

A Adesão

Aderir ao Big Data, ou melhor, às soluções de Big Data, pode parecer muitas vezes difícil ou com um alta carga de atrito nos processos já existentes. Isto é verdade para casos em que a adesão é realizada de maneira incorreta ou não especializada, mas não para os casos corretamente conduzidos com o suporte adequado.

Alguns dos problemas encontrados neste processo:

Problemas que ocorrem pela falta de visão no processo de implantação e desenho das soluções.  
Casos em que os dados são armazenados incorretamente gerando alta despesa, alocação de equipes que não estão bem estruturadas e acabam por gerar poucos resultados e muito custo, ou até mesmo um dos piores cenários, onde milhares de análises são realizadas mas nenhum valor é gerado de fato, ou seja, resultados pouco objetivos e significativos. 
  • Alto custo para persistência dos dados.
  • Problemas de infraestrutura para manter seus dados coesos e realizar análises.
  • Processos mal definidos.
  • Segregação da inteligência de negócio, onde cada colaborador ou departamento trabalha de uma forma.
  • Recursos mal alocados para as operações.
  • Preocupação com segurança dos dados.
  • Informações não objetivas para ajudar no processo de tomada de decisão.
  • Informações não digitalizadas.

A Nossa Proposta

Conheça o trabalho da nossa equipe de Big Data.

Conforme dito anteriormente a grande falha na utilização de um modelo orientado a dados é na sua implantação. Deve-se levar em consideração todas as etapas sem que nenhuma seja deixada de lado. Desde o armazenamento e infraestrutura dos dados até os modelos de inteligência artificial que serão utilizados.
É necessário que tenha-se em mente o objetivo da adoção: gerar resultados para o negócio

Com isso em mente fornecemos o suporte completo na migração para a nuvem, ou no modelo híbrido (nuvem e local) e no desenho de soluções customizadas para implantação do modelo orientado a dados.
Como parceiro AWS, a Emaster busca através de serviços extremamente escaláveis e flexíveis, tanto em tecnologia quanto em faturamento, promover a adoção ao modelo responsável pela evolução dos mais diversos segmentos de mercado.